A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Rússia investiga suposta fuga de informação sobre mísseis

Rússia investiga suposta fuga de informação sobre mísseis
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Após a suspeita de que informações secretas sobre novos mísseis hipersónicos teriam sido levadas para o Ocidente, o Departamento Federal de Segurança da Rússia invadiu, sexta-feira, as instalações do centro de pesquisa da Roscosmos, a agência estatal encarregue do programa espacial civil russo, em Moscovo,

O gabinete do diretor do centro, Dmitriy Paison, foi revistado.

"A ação da investigação está a ser levada para áreas pelas quais este ou outros funcionários são responsáveis. Infelizmente não posso dizer exatamente onde isso está a acontecer," declarou o porta-voz da Roscosmos, Vladimir Ustimenko.

O porta-voz revelou ainda que, apesar do gabinete do diretor ter sido revistado, Dimitri Paison encontrava-se em liberdade e estava a colaborar com as autoridades na investigação.

Dezenas de pessoas estão a ser investigadas sob suspeita de passarem segredos sobre o desenvolvimento da tecnologia hipersónica - capaz de atingir uma velocidade cinco vezes superior à velocidade do som - noticiou o jornal Kommersant. Mas Não ficou claro exatamente qual a tecnologia.