Última hora

Última hora

Dois mortos em ataque com arma branca em Trappes

Em leitura:

Dois mortos em ataque com arma branca em Trappes

Dois mortos em ataque com arma branca em Trappes
Tamanho do texto Aa Aa

Duas pessoas morreram e uma terceira ficou ferida num ataque com arma branca em Trappes, uma localidade dos arredores de Paris. As vítimas são a mãe e a irmã do agressor. O atacante foi abatido pela polícia.

Trappes fica a 30 quilómetros da capital francesa e nas proximidades de Versalhes. Conhecida pelas tensões sociais ligadas à pobreza, crime organizado e a grupos radicais muçulmanos.

O homem gritou "Alá é grande" durante o ataque, mas o ministério francês do Interior avançou que se trata mais de um caso clínico do que propriamente de terrorismo. "O caso de hoje está relacionado com alguém com um problema psiquiátrico grave... Sim, ele estava sinalizado como alguém propício à radicalização e conhecido como apologista do terrorismo, mas é mais uma pessoa com problemas mentais do que propriamente um terrorista que seria capaz de responder às ordens de organizações terroristas, como o DAESH", avançou Gérard Collomb.

No entanto, o grupo extremista Estado Islâmico reivindicou o ataque através da agência Amaq. O incidente aconteceu numa zona considerada como sendo um reduto de radicais muçulmanos. Só de Trappes terão saído 50 radicais para se juntarem às fileiras do Daesh no Iraque e na Síria.