Última hora

Última hora

Alex Salmond deixa o Partido Nacionalista Escocês

Em leitura:

Alex Salmond deixa o Partido Nacionalista Escocês

Alex Salmond deixa o Partido Nacionalista Escocês
Tamanho do texto Aa Aa

Alex Salmond deixou o Partido Nacional Escoês (SNP) depois de conhecidas alegações de conduta sexual inapropriada da sua parte. As queixas partiram de duas funcionárias e relacionam-se com episódios que terão ocorrido quando Salmond era primeiro-ministro da Escócia.

O antigo primeiro-ministro passou 45 anos no SNP e deixa a organização apesar de rejeitar todas as acusações. Decidiu, entretanto, processar a administração do SNP.

Alex Salmond diz que deixa o partido para poupar o SNP às críticas da oposição e para evitar divisões internas.

"Deixem-me ser claro mais uma vez. Rejeito estas duas queixas relacionadas com assédio e rejeito totalmente qualquer ideia de conduta criminosa.

No entanto, não vim para a política facilitar ataques da oposição contra o SNP. Como o Parlamento reúne na próxima semana, deixei o partido para eliminar esta linha de ataque da parte da oposição," disse Alex Salmond.

Salmond deu início a uma campanha de recolha de fundos para pagar os advogados de defesa nas acusações que caem sobre ele da parte do Governo escocês.

Em poucas horas, o antigo primeiro-ministro acumulou o equivalente a mais de 50 mil euros.

Nicola Sturgeon, atual primeira-ministra escocesa, próxima de Salmond, disse lamentar a siutação. Recordou a enorme contribuição de Salmond ao movimento nacionalista escocês.