EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

ONU: Mundo fecha os olhos à situação na Nicarágua

ONU: Mundo fecha os olhos à situação na Nicarágua
Direitos de autor 
De  Nara Madeira
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Alto-comissário das ONU para os Direitos Humanos afirmou que o mundo está a fechar os olhos à repressão e retaliação, dos últimos meses, na Nicarágua. Presidente do país nega acusações.

PUBLICIDADE

Ninguém acredita nos organismos internacionais, diz o presidente da Nicarágua numa manifestação que deveria ser de apoio mas onde havia também opositores às suas políticas. Daniel Ortega reagia assim às declarações do Alto-comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos, na sequência da divulgação de um relatório sobre a situação do país:

"A repressão e a retaliação contra os manifestantes continuam na Nicarágua enquanto o mundo fecha os olhos. A violência e a impunidade, dos últimos quatro meses, expuseram a fragilidade das instituições do país e do Estado de Direito e criaram um clima de medo e desconfiança", afirmou Zeid Ra'ad Aal Hussein.

Os protestos foram desencadeados pelos anunciados cortes nas pensões. Meses de protestos, neste país da América Central, provocaram uma das piores crises políticas da sua história. Manifestações que, muitas vezes, se transformaram em campos de batalha, com derramamento de sangue.

O relatório da ONU diz que mais de 300 pessoas foram mortas e 2.000 ficaram feridas.

Editor de vídeo • Nara Madeira

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Bósnia-Herzegovina: marcha em memória do massacre de Srebrenica junta 6.000 pessoas

Houthis reivindicam ataques a 3 navios nas últimas 24 horas

ONU diz que podem ter sido cometidos crimes de guerra na operação de resgate em Gaza