Última hora

Última hora

Maioria dos húngaros considera justa votação do Parlamento Europeu contra a Hungria

Em leitura:

Maioria dos húngaros considera justa votação do Parlamento Europeu contra a Hungria

Maioria dos húngaros considera justa votação do Parlamento Europeu contra a Hungria
Tamanho do texto Aa Aa

Os resultados surgem da sondagem Euronews Pulzus, feita a 800 húngaros de ambos os géneros, dos 18 aos 49 anos de idade.

Uma das perguntas do inquérito era: "A decisão de Estrasburgo - de aplicar o Artigo 7, um processo punitivo contra um Estado-membro - foi justa?".

À pergunta, 56,4% dos húngaros inquiridos responderam que a Hungria recebeu a aplicação do Artigo 7 de forma justa, 23% não concordam e 19,9% não têm opinião sobre o assunto.

A uma outra pergunta: "Se as resoluções condenam as políticas do governo húngaro ou a Hungria como um todo?", a grande parte dos inquiridos, cerca de 53%, considera que a decisão do Parlamento Europeu condena apenas o governo de Orban e 12% acredita que este primeiro passo para um possível castigo atinge todo o país.

O governo de Budapeste está a ser acusado de várias violações dos valores da União Europeia num relatório elaborado por Judith Sargentini, eurodeputada holandesa. Depois de ir a votos, o Parlamento Europeu decidiu aplicar o Artigo 7. Uma possível punição só será aplicada pela Comissão Europeia.