Última hora

Última hora

Putin e Orbán estreitam relações bilaterais

Em leitura:

Putin e Orbán estreitam relações bilaterais

Putin e Orbán estreitam relações bilaterais
Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán, agradeceu ao presidente russo, Vladimir Putin, pela manutenção das fortes relações bilaterais.

Durante uma reunião, em Moscovo, nesta terça-feira, os dois líderes concentraram-se na economia e na energia.

Após as conversações, os dois países chegaram a acordo sobre os parâmetros do fornecimento de gás russo para 2020: "A Hungria é, sem dúvida, um dos nossos principais parceiros na Europa. As nossas relações desenvolvem-se em todas as direções. As comissões intergovernamentais de ambos os países estão a trabalhar juntas de forma ativa. As relações inter-regionais também se estão a desenvolver e os laços comerciais e económicos mostram uma dinâmica positiva", disse Vladimir Putin.

Putin anunciou a construção de dois novos reatores na central nuclear de Paks, na Hungria.

"Estou muito satisfeito com as nossas relações equilibradas e estáveis durante anos. Não podemos dizer que as condições para a nossa cooperação são sempre favoráveis, mas todas as coisas desagradáveis existem para que possamos encontrar (um caminho) contra elas. E nós temos conseguido", avançou Viktor Orbán.

Viktor Orbán pediu também ao presidente russo que considere a ampliação do gasoduto TurkStream até à Hungria. Um projeto energético desenvolvido pelo gigante russo Gazprom.