Última hora

Última hora

Brunson regressa aos Estados Unidos

Em leitura:

Brunson regressa aos Estados Unidos

Brunson regressa aos Estados Unidos
Tamanho do texto Aa Aa

O pastor norte-americano Andrew Brunson está de regresso aos Estados Unidos.

Depois de dois anos detido na Turquia, o pastor foi esta sexta-feira libertado por um tribunal de Aliaga, na região de Izmir. O mesmo tribunal que o tinha condenado a mais de três anos de prisão por espionagem e terrorismo.

O caso provocou uma grave crise entre Ancara e Washington. O pedido de levantamento da prisão domiciliária e da proibição de abandonar a Turquia tinha sido feiro pelo Ministério Público turco. Cumpridas as formalidades, Brunson seguiu para o aeroporto.

Já fez escala na Alemanha, onde foi recebido por Richard Grenell, embaixador dos Estados Unidos.

O presidente norte-americano, Donald Trump, interrompeu um comício no Ohio para anunciar a libertação de Brunson. No twitter escrever: "Os meus pensamentos e orações vão para o pastor Brunson e esperamos vê-lo rapidamente e sem problemas em casa".

Mike Pompeo, secretário de Estado norte-americano, fez rapidamente votos para que a Turquia liberte outros cidadãos dos EUA. Pompeo diz esperar que seja possível libertar reféns em todo o mundo.