EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Muitos eleitores afegãos ainda vão poder votar este domingo

Eleições legislativas no Afeganistão refletem participação positiva
Eleições legislativas no Afeganistão refletem participação positiva Direitos de autor REUTERS/Mohammad Ismail
Direitos de autor REUTERS/Mohammad Ismail
De  Francisco Marques com Reuters
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Problemas diversos levam a prolongar por mais um dia a abertura de várias mesas de voto nas legislativas. Em Kandahar, a chamada às urnas foi mesmo adiada uma semana

PUBLICIDADE

Pelo menos 400 mesas de voto vão estar ainda abertas este domingo no Afeganistão depois de vários problemas terem impedido muitos eleitores de votar nas Legislativas deste sábado.

A chamada às urnas para eleger um novo parlamento foi alvo de mais de uma centena de incidentes envolvendo engenhos explosivos.

Pelo menos 36 pessoas morreram e cerca de 120 ficaram feridas. Entre os sobreviventes num hospital, encontrámos Balad Mohammad, vítima de um ataque suicida.

"Ouvi uma explosão, cai no chão e vi sangue por todo o lado. Havia muitos feridos, é tudo o que melembro", referiu Balada Mohammad.

Cerca de 8,8 milhões de eleitores foram chamados às urnas, embora existam denúncias que boa parte destes registos eleitorais sejam falsos.

Ainda assim, cerca de três milhões de pessoas conseguiram exercer o dieito de escolha dos 250 deputados da câmara baixa do novo parlamento afegão.

Perante a participação acima do esperado, a Missão de Observação das Nações Unidas no Afeganistão emitiu um comunicado a encorajar quem não conseguiu votar a tentar faze-lo este domingo.

Devido a um atentado que vitimou o chefe da polícia local na quinta-feira, na província de Kandahar, no sul do país, as mesas de voto apenas se vão abrir no próximo fim de semana.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Violência mancha eleições no Afeganistão

Afeganistão elege novo parlamento sob ameaça dos talibãs

Mulheres desafiam estereótipos na corrida para as legislativas afegãs