Última hora

Última hora

Ministério Público espanhol pede até 25 anos de prisão para independentistas

Em leitura:

Ministério Público espanhol pede até 25 anos de prisão para independentistas

Oriol Junqueras chega ao tribunal
@ Copyright :
REUTERS/JAVIER BARBANCHO
Tamanho do texto Aa Aa

A pena mais pesada pedida pelo Ministério Público espanhol é para Oriol Junqueras, ex-vice-presidente da Catalunha e líder do partido independentista, pelos crimes de rebelião e apropriação indevida de fundos. Os outros 17 independentistas envolvidos no processo também conheceram as acusações.

As acusações dizem respeito ao referendo à independência da Catalunha, a um de outubro de 2017.

De acordo com o jornal El País, o Ministério Público espanhol pediu ainda 17 anos de prisão para Jordi Cuixart, presidente da Òmnium Cultural, Jordi Sànchez, líder da Associação Nacional da Catalunha e Carmè Forcadell, ex-presidente do parlamento catalão, pelo crime de rebelião.

16 anos de prisão para cinco ex-conselheiros e 11 de anos de prisão para o ex-chefe dos Mossos d’Esquadra, Josep Lluís Trapero, também por rebelião.

O antigo presidente do governo catalão, Carles Puigdemont, exilado na Bélgica, não está entre os réus porque o sistema judicial espanhol não contempla a possibilidade de um julgamento à revelia.

O julgamento deverá começar no início do próximo ano.

Junqueras e mais oito acusados estão em prisão preventiva por terem declarado a independência da Catalunha de forma unilateral em outubro de 2017.

(Em atualização)