Última hora

Última hora

Cidadãos europeus e britânicos manifestam-se em Downing Street

Em leitura:

Cidadãos europeus e britânicos manifestam-se em Downing Street

Cidadãos europeus e britânicos manifestam-se em Downing Street
Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de residentes europeus no Reino Unido e britânicos estabelecidos em países da União Europeia formaram uma corrente humana no exterior da residência da primeira-ministra britânica Theresa May em Downing Street.

"A minha casa é aqui, tenho a impressão que me estão a expulsar"

Carmen Manifestante anti-Brexit

Os manifestantes exigem ver os seus direitos garantidos mesmo na ausência de acordo entre Londres e Bruxelas.

"Faz dois anos que andamos inquietos relativamente aos nossos direitos. Fomos uma moeda de troca nas negociações do Brexit. E sem acordo entre a União Europeia e a Grã-Bretanha, não teremos qualquer proteção no futuro", afirma Nicolas Hatton, co-fundador da associação "The3Million" que representa cidadãos europeus no Reino Unido.

Entre os manifestantes reina a inquietude perante o atual cenário de incerteza.

"A minha casa é aqui, tenho a impressão que me estão a expulsar. Há quarenta anos que vivo aqui e é aqui que pago os meus impostos. Não fui participei no referendo, não fui autorizada a votar", disse Carmen, uma cidadã de origem alemã que participou no protesto.

Entretanto, a questão da fronteira entre a República da Irlanda e a Irlanda do Norte permanece o pomo da discórdia entre Londres e Bruxelas.

Esta segunda-feira, ambas as partes anunciaram que as negociações prosseguem mas que ainda não existe acordo relativamente à duração do chamado "backstop".

O primeiro-ministro irlandês rejeitou que Londres possa decidir unilateralmente sair do futuro acordo aduaneiro.