EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Califórnia: incêndios já fizeram 31 mortos

Califórnia: incêndios já fizeram 31 mortos
Direitos de autor 
De  Rodrigo Barbosa com AFP / EFE / Reuters
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Com mais de três dezenas de mortos e milhares de casas queimadas, os incêndios que lavram na Califórnia estão já entre os piores de que há registo no Estado norte-americano

PUBLICIDADE

Os enormes incêndios que lavram ainda maioritariamente sem controlo no Estado norte-americano da Califórnia já fizeram mais de três dezenas de vítimas mortais e mais de 200 pessoas continuam em paradeiro desconhecido, de acordo com o último balanço das autoridades.

A norte, o chamado "Camp Fire", junto às montanhas da Sierra Nevada, reclamou até ao momento 29 vidas, sendo já equivalente ao mais mortífero incêndio jamais registado no Estado, em 1933. O fogo destruiu mais de 110.000 hectares e mais de 6000 residências.

No Sul da Califórnia, o chamado "Woolsey Fire" contabiliza duas vítimas mortais e obrigou a evacuar várias áreas à volta de Los Angeles, nomeadamente a totalidade da estância balnear de Malibu, onde vive um grande número de celebridades. No total, as chamas já obrigaram a deslocar 300.000 pessoas em todo o Estado.

Depois de ter apontado, no Twitter, o que classificou de "absoluta má gestão" dos incêndios por parte das autoridades californianas, ameaçando cortar fundos federais, o presidente norte-americano Donald Trump atraiu as críticas do chefe do sindicato dos bombeiros do Estado, que denunciou um tweet "mal informado, inoportuno e humilhante".

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Robert de Niro chama "palhaço" a Donald Trump à porta do tribunal

Biden apela à libertação de jornalistas no jantar dos correspondentes de imprensa

Mike Pence: "A maioria dos norte-americanos acredita no nosso papel de líderes do mundo livre"