Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Polónia volta atrás em braço-de-ferro com UE sobre juízes

Reforma judicial polaca afinal não deverá avançar devido a Bruxelas
Reforma judicial polaca afinal não deverá avançar devido a Bruxelas -
Direitos de autor
REUTERS/Kacper Pempel/Arquivo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O governo da Polónia parece disposto a voltar atrás na reforma do Supremo Tribunal que engendrou um desaguisado com a União Europeia.

Segundo o rascunho da revisão da lei, os juízes que foram reformados compulsivamente poderão voltar ao trabalho.

O texto publicado no site do parlamento polaco informa que a lei foi revista para executar uma injunção do Tribunal Europeu de Justiça.

A Comissão Europeia tinha levado este caso à justiça, por receio de que a lei viesse baixar os padrões democráticos. No último mês, o tribunal decidiu a favor de Bruxelas.