Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Rota da Seda em exposição em Pequim

Rota da Seda em exposição em Pequim
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Uma exposição, no Museu Nacional de Pequim, mostra os intercâmbios económicos e culturais entre civilizações ao longo da antiga Rota da Seda (de 2000 aC a 800 dC). São cerca de 200 peças do acervo de Hirayama Ikuo, um pintor japonês e colecionador de arte que morreu em 2009:

"Das relíquias desenterradas, desde o início da civilização até os tempos modernos, selecionámos as mais requintadas e representativos de diferentes regiões", explica a vice-curadora do Museu Rota da Seda Hirayama Ikuo, do Japão.

A exposição mostra como as civilizações humanas se interligam, interagem e são levadas, umas pelas outras, a desenvolverem-se. A exposição, patente no Museu Nacional de Pequim pode ser visitada até fevereiro 14.