Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

China promete mais cooperação com Portugal

China promete mais cooperação com Portugal
Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro dia da visita oficial do presidente chinês, Xi Jinping, a Portugal foi marcado pelo encontro com o presidente Marcelo Rebelo de Sousa e altos funcionários do governo.

Os dois líderes manifestaram a intenção de aprofundarem as relações entre os dois países. Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou que apesar de ambos os países terem instituições e aliados diferentes, a relação entre Portugal e a China tinha espaço para crescer.

O presidente chinês comprometeu-se a defender o multilateralismo e o comércio livre, uma posição que contrasta com a atitude isolacionista defendida pelos Estados Unidos.

Entre os temas sob discussão esteve igualmente a inclusão de Portugal na iniciativa chinesa "Uma Faixa, Uma Rota" que liga a China à Europa através de uma série de investimentos em infraestruturas. Por detrás deste convite está o interesse chinês pelo porto de Sines.

O primeiro dia da visita do presidente chinês ficou também marcado por um incidente diplomático.

Um chefe de divisão de informação e imprensa do Ministério dos Negócios Estrangeiros, o diplomata Paulo Chaves, recorreu às redes sociais para manifestar descontentamento com a visita do presidente chinês. O chefe da diplomacia portuguesa, Augusto Santos Silva, prometeu averiguar o incidente.

De recordar que desde 2008 que os investimentos chineses em Portugal se têm vindo a multiplicar. A China é hoje o décimo-primeiro parceiro comercial português; em 2008 ocupava a 28º posição.