A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

China promete mais cooperação com Portugal

China promete mais cooperação com Portugal
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro dia da visita oficial do presidente chinês, Xi Jinping, a Portugal foi marcado pelo encontro com o presidente Marcelo Rebelo de Sousa e altos funcionários do governo.

Os dois líderes manifestaram a intenção de aprofundarem as relações entre os dois países. Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou que apesar de ambos os países terem instituições e aliados diferentes, a relação entre Portugal e a China tinha espaço para crescer.

O presidente chinês comprometeu-se a defender o multilateralismo e o comércio livre, uma posição que contrasta com a atitude isolacionista defendida pelos Estados Unidos.

Entre os temas sob discussão esteve igualmente a inclusão de Portugal na iniciativa chinesa "Uma Faixa, Uma Rota" que liga a China à Europa através de uma série de investimentos em infraestruturas. Por detrás deste convite está o interesse chinês pelo porto de Sines.

O primeiro dia da visita do presidente chinês ficou também marcado por um incidente diplomático.

Um chefe de divisão de informação e imprensa do Ministério dos Negócios Estrangeiros, o diplomata Paulo Chaves, recorreu às redes sociais para manifestar descontentamento com a visita do presidente chinês. O chefe da diplomacia portuguesa, Augusto Santos Silva, prometeu averiguar o incidente.

De recordar que desde 2008 que os investimentos chineses em Portugal se têm vindo a multiplicar. A China é hoje o décimo-primeiro parceiro comercial português; em 2008 ocupava a 28º posição.