A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Sonda capta vibrações do vento em Marte

Sonda capta vibrações do vento em Marte
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

É este o som que se ouve em Marte. A NASA divulgou gravações de áudio obtidas pela sonda "InSight", que partiu à descoberta do "Planeta Vermelho". A sua tarefa era a de examinar, em termos sismográficos, o interior do planeta com sensores sensíveis à vibração mas o robô captou também os ventos fortes que se fazem sentir e que agitam os seus painéis solares.

A sonda registou essas vibrações e enviou-as para a Terra. O que significa que o som que se ouve não é o do vento, propriamente dito, mas das vibrações que ele desencadeia e que é preciso processar para tornar audíveis aos ouvidos humanos.

"Se levasse um elefante para Marte ele seria capaz de ouvir os sons que nós estamos a captar com os nossos sensores de pressão. Ou seja, podemos realmente medir sons muito profundos que estão fora do alcance da nossa audição e podemos aumentar a frequência desses sons para que possamos ouvir como é que eles soariam se tivéssemos orelhas de elefante", explica Bruce Banerdt, Investigador principal do Insight.

Em Marte existem vários fenómenos climáticos, grandes nuvens de dióxido de carbono ou gigantescas tempestades de poeira que, em casos extremos, podem envolver todo o planeta com velocidades de vento de até 650 quilómetros por hora.