Última hora

Última hora

Catalunha: Conselho de Ministros sob protestos

Catalunha: Conselho de Ministros sob protestos
Direitos de autor
REUTERS/Susana Vera
Tamanho do texto Aa Aa

A tensão está de volta à Catalunha.

O Conselho de Ministros espanhol reúne-se, esta sexta-feira em Barcelona, o segundo da era de Pedro Sánchez longe de Madrid.

Foi montada uma operação de segurança excecional, para a reunião, devido às várias manifestações a decorrer na capital da Catalunha. Os independentistas consideram a atitude do Governo de Madrid uma "provocação".

Há notícia de várias estradas cortadas por grupos de independentistas radicais e centenas de pessoas manifestam-se nos arredores do local onde decorre o Conselho.

Segundo informação dos Mossos d'Esquadra, pelo menos seis pessoas foram detidas, após alguns "incidentes violentos".

O Executivo de Pedro Sánchez deve aprovar, entre outras medidas, investimentos nas infraestruturas catalãs, a subida de 2,25% do salário dos funcionários públicos e o aumento do salário mínimo espanhol para os 900 euros, já a partir do dia 1 de janeiro de 2019.

O Conselho de Ministros ocorre um dia depois do encontro entre presidente do Governo espanhol, Pedro Sánchez, e o presidente regional, Quim Torra. Num comunicado conjunto, anunciaram a retoma do diálogo "efetivo".