A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

"Coletes amarelos" à portuguesa

"Coletes amarelos" à portuguesa
Direitos de autor
REUTERS/Rafael Marchante/Arquivo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Do norte ao sul do país, passando pelos Açores e pela Madeira, multiplica-se hoje em Portugal uma vaga de protestos inspirada no movimento dos "coletes amarelos" em França.

Segundo a Polícia de Segurança Pública, estavam prevista s 25 manifestações em 17 locais das principais cidades do país.

Em Lisboa, estava previsto um desfile até à Assembleia da República.

Tal como em França, os protestos visam nomeadamente o aumento do custo de vida e exigem melhores salários.

Um dos grupos que convocou as manifestações nas redes sociais, intitulado Movimento dos Coletes Amarelos em Portugal, define-se como "apartidário" e apelou à contestação pacífica.