Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Alepo, uma cidade em reconstrução

Alepo, uma cidade em reconstrução
Tamanho do texto Aa Aa

Dois anos passaram desde o fim da guerra em Alepo, altura em que o governo sírio retomou o comando da cidade do norte da síria. Antes dos confrontos, Alepo estava na linha da frente a nível cultural.

Hoje em dia, o esforço para tornar a cidade destruída na cidade que conheciam, já fez com que as portas se abrissem aos turistas. Um esforço que faz de Alepo irreconhecível depois da guerra.

"É mesmo bonito e é uma conquista que alcançamos, esta de conseguir a cidade de volta depois de sete anos de guerra", admite uma turista síria. "É realmente muito agradável e é um sentimento muito bom podermos vir aqui e visitá-la novamente." disse, orgulhosa da nova cara da cidade.

A chegada de pessoas de fora que querem visitar Alepo faz chegar também mais comércio às ruas.

"Vendo milho doce por aqui e o negócio é bom. Vendo muito no verão e os negócios também são bons no inverno", contou um vendedor de rua local.

Vendedor de milho em Alepo

Mas ainda há marcas da guerra por toda a cidade. Apesar dos trabalhos contínuos, as fachadas em construção ainda contam a história de uma época que ninguém quer que volte.

"Espero que Alepo nunca mais veja uma guerra. Todos esperamos isso", conta um dos habitantes de Alepo.

A esperança de que tudo volte a ser como era não morre, numa cidade onde as marcas não ficaram só nos edifícios.