Milhares assistem às homenagens a Adamovicz

Milhares assistem às homenagens a Adamovicz
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Nas ruas de Gdansk, com temperaturas negativas, concentraram-se dezenas de milhares de pessoas

PUBLICIDADE

Na Polónia continuam as cerimónias fúnebres de Pawel Adamowicz, o presidente da câmara de Gdansk, que morreu esta segunda-feira depois de ter sido esfaqueado numa cerimónia pública.

Donald Tusk, presidente do Conselho Europeu, e algumas das principais figuras da Polónia, incluído o presidente e o primeiro-ministro, participaram na missa, na igreja de Santa Maria.

Nas ruas de Gdansk, com temperaturas negativas, concentraram-se dezenas de milhares de pessoas com bandeiras e velas na mão.

Adamowicz tinha 53 anos. Foi esfaqueado durante um evento para a angariação de fundos da Grande Orquestra de Natal, a maior organização sem fins lucrativos da Polónia.

O autor confesso do crime é um homem de 27 anos que disse que tinha sido preso injustamente pela Plataforma Cívica, o movimento político a que pertencia o autarca.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Despesas militares na Europa mais elevadas do que no final da Guerra Fria

Polónia detém suspeito de ajudar a planear homicídio de Zelenskyy

Milhares de polacos marcharam contra o aborto em Varsóvia