A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

A ascensão meteórica de Juan Guaidó

A ascensão meteórica de Juan Guaidó
Direitos de autor
REUTERS/Carlos Garcia Rawlins
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Nunca ninguém tinha desafiado Nicolás Maduro a este ponto. Juan Gerardo Guaidó Márquez conheceu uma ascensão meteórica nas últimas semanas e rapidamente se tornou na principal ameaça ao regime de Maduro.

O engenheiro industrial de 35 anos era praticamente desconhecido quando a 5 de janeiro se tornou no mais jovem presidente da Assembleia Nacional, o parlamento venezuelano que deixou de ser reconhecido por Nicolás Maduro depois do seu partido ter perdido as eleições de 2015.

Desde a chegada ao cargo, Guaidó conseguiu unir uma oposição dividida e onde os principais dirigentes se encontravam presos ou exilados. Promete não descansar enquanto não colocar um ponto final ao que descreve como uma usurpação de poder.

A autoproclamação e a promessa de eleições livres mostram que não está para brincadeiras, o apoio de figuras como Trump ou Bolsonaro provam que Juan Guaidó é para ser levado a sério.