Última hora

Última hora

NATO e Rússia trocam avisos

NATO e Rússia trocam avisos
Tamanho do texto Aa Aa

O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, avisou que a Rússia tem de aceitar a decisão da República da Macedónia do Norte de aderir à Aliança Atlântica.

Os documentos de adesão, que tornam o pequeno país dos Balcãs no 30° membro da Organização do Tratado do Atlântico Norte, foram assinados esta quarta-feira em Bruxelas.

"A Rússia está a intrometer-se. A Rússia está a interferir nos processos políticos das nações soberanas. Creio que isso está errado. A NATO respeita, respeitamos as decisões de nações soberanas independentes, independentemente de quererem juntar-se ou não à NATO. Respeitamos as decisões soberanas das nações, independentemente de elas quererem ou não aderirem à NATO. São decisões soberanas e, é claro, a Rússia deve, também, respeitar essas decisões, de nações soberanas, quando decidirem juntar-se à NATO”, avisa Stoltenberg.

A Rússia afirma que ao aceitar como membros países dos Balcãs, a NATO está a minar a segurança na região.

O presidente Vladimir Putin alertou, ainda, a Aliança contra o estreitamento dos laços com a Ucrânia e a Geórgia, duas ex-repúblicas soviéticas que almejam integrar a organização.