Última hora

Última hora

Brexit: May quer propôr novo debate no parlamento

Brexit: May quer propôr novo debate no parlamento
Direitos de autor
REUTERS/Simon Dawson
Tamanho do texto Aa Aa

Enquanto multiplica encontros com responsáveis europeus para tentar evitar um Brexit sem acordo, a primeira-ministra britânica prepara-se, segundo fontes no governo, para propôr aos deputados um prazo suplementar para renegociar o pacto com Bruxelas.

Mas, com poucos sinais de progresso, o ex-chefe do governo Tony Blair põe em causa a atuação de Theresa May:

"O que tenho sempre dito durante este processo é que é preciso decidir qual desses Brexits queremos, antes de sair. Caso contrário, vamos sair sem clareza e, sem clareza, não há uma resolução."

O principal obstáculo nas discussões é o chamado "backstop", o mecanismo de salvaguarda ligado à fronteira irlandesa.

O mundo dos negócios está a preparar-se para o pior, como frisa a diretora-geral da Confederação da Indústria Britânica, Carolyn Fairbairn:

"Sabemos que há negócios a sair do país e a fazer planos que serão prejudiciais para comunidades por todo o país."

O secretário de Estado para o Alojamento, James Brokenshire, afirmou que o governo pretende propôr ao Parlamento de debater novamente, até ao fim de fevereiro, as diferentes opções possíveis para o Brexit, se até lá não conseguir obter um acordo renegociado com Bruxelas.