Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Greve geral paralisa Bélgica

Greve geral paralisa Bélgica
Direitos de autor
Reuters/Wolfgang Rattay
Tamanho do texto Aa Aa

A greve geral convocada por uma frente sindical comum deve afetar todos os transportes públicos e paralisar o país quarta-feira.

O aeroporto internacional de Bruxelas, em Zaventem, anunciou a anulação de cerca de dois terços dos voos.

O aeroporto de Charleroi, o segundo mais importante do país , anunciou a paralisação total.

A companhia aérea portuguesa TAP já cancelou dois voos, dos três diários que opera entre Lisboa e a capital belga.

A TAP informou estar a dar a possibilidade aos passageiros de alterarem as suas reservas, sem custos adicionais.

A companhia belga Brussels Airlines suprimiu a totalidade dos 222 voos previstos, indicou a companhia cuja única base na Bélgica é o aeroporto de Bruxelas.

Os sindicatos reclamam o aumento de salários, dos subsídios e pensões e melhores condições para a reforma.