Última hora
This content is not available in your region

16 Estados em tribunal contra declaração de emergência de Trump

16 Estados em tribunal contra declaração de emergência de Trump
Direitos de autor
REUTERS/Go Nakamura
Tamanho do texto Aa Aa

A declaração de emergência apresentada pelo presidente dos EUA, Donald Trump, para justificar a construção de um muro na fronteira com o México está a ser contestada em tribunal por 16 estados norte-americanos.

A queixa foi apresentada num tribunal federal na Califórnia e alega que a ordem do Presidente viola duas disposições constitucionais: uma que define os procedimentos legislativos e outra que dá ao Congresso a última palavra em matéria de financiamento público.

"O Presidente Trump trata o Estado de Direito com total desprezo", afirmou o procurador-geral da Califórnia, Xavier Becerra, acrescentando: "Ele sabe que não há crise na fronteira, sabe que a sua declaração de emergência é injustificada".

Ao procurador-geral da Califórnia juntaram-se os do Colorado, Connecticut, Delaware, Havai, Illinois, Maine, Maryland, Michigan, Minnesota, Nevada, Nova Jersey, Novo México, Nova Iorque, Oregon e Virgínia.

Na passada sexta-feira, Donald Trump declarou estado de emergência nacional para conseguir financiar a construção do muro na fronteira mexicana. A oposição Democrata prometeu imediatamente lutar nos tribunais contra a medida.

O Presidente afirmou então que já esperava desafios legais sobre a declaração de estado de emergência, afirmando estar convencido de que os vencerá: “Infelizmente, seremos processados, (…) mas felizmente, venceremos”.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.