Última hora

Última hora

Eurodeputados invadem base militar aérea na Bélgica

Eurodeputados invadem base militar aérea na Bélgica
Tamanho do texto Aa Aa

Três eurodeputados ecologistas fizeram parte de um grupo de ativistas que invadirem uma base aérea militar belga para protestar contra o armazenamento de bombas nucleares norte-americanas.

A ação, esta quarta-feira, em Kleine Brogel, no leste da Bélgica, visava defender uma Europa sem armas nucleares, na sequência da suspensão de um tratado histórico entre EUA e Rússia.

Michèle Rivasi (França), Molly Scott Cato (Reino Unido) et Tilly Metz (Luxemburgo) juntaram-se aos ativistas da organização não-governamental Agir pela Paz, exigindo a retirada das armas nucleares dos EUA "armazenadas ilegalmente" na Bélgica e no resto da Europa.

Outras reivindicações são a ratificação da Tratado sobre Armas Nucleares de 2017 por todos os Estados-membros da União Europeia e a criação de uma zona livre de armas nucleares para a Europa.