A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Massacre de Christchurch: um homem acusado de homicídio

Massacre de Christchurch: um homem acusado de homicídio
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Após a noite cair e enquanto a operação policial continuava no local dos dois ataques, o comissário da polícia neozelandesa, Mike Bush, deu mais detalhes aos jornalistas sobre os detidos.

"Até agora, uma pessoa, um homem de 20 e muitos anos foi acusado de homicídio e vai ser presente ao tribunal de Christchurch, amanhã de manhã. Três outras pessoas foram detidas, acreditamos que uma dessas pessoas, que estava armada e estava no local, pode não ter nada a ver com este incidente. As outras duas pessoas que foram detidas, também em posse de armas de fogo num ambiente geral, estamos a trabalhar para entender qual o seu envolvimento," revelou o comissário de Polícia da Nova Zelândia, Mike Bush.

O comissário foi questionado por que razão os suspeitos não estavam em nenhuma lista de extremistas sob vigilância.

"Nenhuma unidade tinha qualquer informação sobre essas pessoas. Também posso dizer que estive em contacto com os meus colegas australianos - eles também não têm nenhuma informação sobre eles. Estão a ajudar-nos com as investigações. Posso adiantar que parte da nossa investigação vai analisar o passado e considerar todas as possibilidades, para garantir que nós, na aplicação da lei e na segurança, não deixámos passar nenhuma oportunidade de evitar este ataque horrendo," adiantou o comissário Mike Bush.