Migrantes abandonam Diavata

Migrantes abandonam Diavata
Direitos de autor REUTERS/Alexandros Avramidis
Direitos de autor REUTERS/Alexandros Avramidis
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Depois de três dias consecutivos de confrontos entre migrantes e a polícia, cerca de trezentas pessoas deixaram o acampamento temporário

PUBLICIDADE

O ambiente está mais calmo no campo de refugiados de Diavata, no norte da Grécia.

Depois de três dias consecutivos de confrontos entre migrantes e a polícia, cerca de trezentas  pessoas deixaram o acampamento temporário onde permaneciam desde a última quinta-feira.

Esta concentração de migrantes aconteceu depois de ser veiculada nas redes sociais a informação de que o governo grego iria abrir as fronteiras

No início do dia ainda foram registados confrontos e a polícia voltou a responder com gás lacrimogéneo.

Dezenas de milhares de refugiados e migrantes, principalmente da Síria, Iraque e Afeganistão estão retidos na Grécia desde 2016, quando os países balcânicos fecharam as fronteiras e a principal passagem para o norte da Europa.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Lampedusa está sobrecarregada depois de receber mais de 1000 migrantes em 24 horas

Finlândia prolonga indefinidamente encerramento da fronteira com a Rússia

Migrantes: 2023 foi o ano mais letal de que há registo