Última hora

Última hora

Primeira foto de um buraco negro confirma Einstein

Primeira foto de um buraco negro confirma Einstein
Direitos de autor
Event Horizon Telescope (EHT)/National Science Foundation/Handout via REUTERS
Tamanho do texto Aa Aa

É a primeira fotografia de um buraco negro e representa um marco histórico para a Astrofísica.

Uma imagem apresentada esta quarta-feira em Bruxelas, possível graças a uma rede de oito telescópios espalhados pelo mundo, conduzida pelo projeto Event Horizon Telescope, e que confirma, mais uma vez, que Albert Einstein estava certo com a sua teoria da Relatividade Geral.

Carlos Moedas, comissário europeu para a Investigação, Ciência e Inovação: "Uma fotografia de algo que um homem, um único homem sozinho, sonhou e imaginou há 100 anos... Em 1915, Albert Einstein imaginou esta ideia, de que um peso enorme transforma a geometria, de que quando a massa é demasiado pesada, cria-se um buraco misterioso do qual nada pode sair, onde tudo é absorvido. Michael Kramer, do Conselho Europeu de Investigação disse-o: 'a História da ciência será dividida entre o tempo antes desta imagem e o tempo que vem depois dela'."

O buraco negro fotografado encontra-se no centro da galáxia Messier 87, a 55 milhões de anos-luz da Terra.