EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Pilotos da companhia aérea escandinava SAS em greve

Pilotos da companhia aérea escandinava SAS em greve
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A SAS anunciou o cancelamento de 673 voos

PUBLICIDADE

Desespero e planos estragados. Os efeitos da greve de pilotos da escandinava SAS na Dinamarca, Suécia e Noruega começam-se a fazer sentir. A companhia aérea cancelou cerca de 70% dos voos previstos para esta sexta-feira e sábado. Até domingo, a paralisação deverá afetar 170 mil passageiros.

Em causa estão as exigências dos pilotos que invocam deterioração das condições de trabalho, horários imprevisíveis e insegurança no emprego.

"Estamos a fazer todos os possíveis para encontrar uma solução mas para isso acontecer são precisas negociações. Queremos regressar à mesa das negociações o mais rápido possível porque só aí é que se pode alcançar um entendimento", sublinhou Karin Nyman, diretora de comunicação da SAS.

Para os pilotos, mais do que os salários propriamente ditos, os horários flexíveis são o principal objetivo das discussões.

"É lamentável termos acabado nesta situação. A SAS tem de assumir a responsabilidade em grande parte porque não conseguiram preencher a lacuna", referiu Christian Laulund, líder sindical.

A paralisação não inclui voos operados pela filial irlandesa da SAS e por companhias aéreas associadas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Novo aeroporto em Alcochete vai chamar-se Luís de Camões e Alta Velocidade está a caminho

Greve em Itália após explosão mortal em central hidroelétrica

Polícia italiana detém alegado membro ativo do Estado Islâmico em Roma