Última hora

Última hora

Marcha dos Vivos em Auschwitz

Marcha dos Vivos em Auschwitz
Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de pessoas de todo o mundo participaram na Marcha dos Vivos no antigo campo de extermínio nazi de Auschwitz-Birkenau, numa cerimónia de homenagem às vítimas do Holocausto.

Os participantes fizeram um percurso de cerca de três quilómetros entre o campo de Auschwitz e o de Birkenau e deixaram mensagens nos carris da linha ferroviária que serviu para transportar em massa as vítimas, na maioria, judeus, mas também presos políticos polacos, prisioneiros de guerra soviéticos e ciganos, entre outros.

E em Israel, os cidadãos pararam para cumprir um minuto de silêncio no Dia do Holocausto.

Na quarta-feira à noite, o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, tinha denunciado o que considera ser o aumento do antissemitismo no mundo e deu como exemplo o cartoon do autor português António, publicado no New York Times.

Estima-se que quase seis milhões de judeus terão sido mortos pelas forças nazis durante a Segunda Guerra Mundial. O maior genocídio do século XX ficou conhecido como o Holocausto.