Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Deputados perdem imunidade por apoio a Guaidó

Deputados perdem imunidade por apoio a Guaidó
Direitos de autor
REUTERS/Ueslei Marcelino/Arquivo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Em mais uma medida de pressão sobre as vozes dissidentes, a Assembleia Nacional Constituinte da Venezuela - controlada pelo regime de Nicolás Maduro - levantou a imunidade parlamentar de sete deputados pelo apoio dado ao líder da oposição Juan Guaidó.

Tal como precisou Diosdado Cabello, presidente da Assembleia Constituinte, a medida abre a via a ações legais contra os legisladores em questão, entre os quais se encontra o vice-presidente do Parlamento, Edgar Zambrano.

O Supremo Tribunal, que a oposição acusa de ser um fantoche nas mãos do poder, acusou vários dos deputados de "alta traição" e "conspiração", por apoiarem o recente apelo falhado de Guaidó ao Exército para derrubar Maduro.

O líder da oposição afirmou que " a única resposta do regime é perseguir. Perseguir porque já não governa, já não controla e já não tem o respeito nem dos que o acompanham".

A Assembleia Nacional Constituinte já tinha, em abril, levantado a imunidade diplomática de Guaidó, considerando que o líder da oposição e presidente do Parlamento "usurpava" a função presidencial, depois de se ter autoproclamado chefe de Estado da Venezuela.