Última hora

Última hora

Maior retrospetiva de Ai Weiwei na Europa

Maior retrospetiva de Ai Weiwei na Europa
Direitos de autor
REUTERS / RALPH ORLOWSKI
Tamanho do texto Aa Aa

O museu "Kunstsammlung de Dusseldorf, na Alemanha, apresenta a maior retrospetiva da obra do artista e ativista chinês Ai Weiwei, na Europa.

A mostra percorre quatro décadas e assume o título "Tudo é arte. Tudo é política"

"Sei como é quando não se tem voz, quando somos vistos como estrangeiros e nunca temos esse sentimento estabelecido quando não estamos em casa. Então isso é claro, e isso é absoluto. Sinto, também, que qualquer imigrante, não apenas imigrantes, mas qualquer pessoa cujos Direitos Humanos tenham sido violados, qualquer pessoa que não tenha liberdade, será grata se outra pessoa estiver a tentar dar-lhes voz", sublinha Ai Weiwei.

Fotografias, esculturas, filmes e instalações de grande formato sobre a perseguição política, a situação dos refugiados e as violações dos direitos humanos na China, para ver no museu Kunstsammlung, na cidade alemã de Dusseldorf até 1 de setembro.