Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Maior retrospetiva de Ai Weiwei na Europa

Maior retrospetiva de Ai Weiwei na Europa
Direitos de autor
REUTERS / RALPH ORLOWSKI
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O museu "Kunstsammlung de Dusseldorf, na Alemanha, apresenta a maior retrospetiva da obra do artista e ativista chinês Ai Weiwei, na Europa.

A mostra percorre quatro décadas e assume o título "Tudo é arte. Tudo é política"

"Sei como é quando não se tem voz, quando somos vistos como estrangeiros e nunca temos esse sentimento estabelecido quando não estamos em casa. Então isso é claro, e isso é absoluto. Sinto, também, que qualquer imigrante, não apenas imigrantes, mas qualquer pessoa cujos Direitos Humanos tenham sido violados, qualquer pessoa que não tenha liberdade, será grata se outra pessoa estiver a tentar dar-lhes voz", sublinha Ai Weiwei.

Fotografias, esculturas, filmes e instalações de grande formato sobre a perseguição política, a situação dos refugiados e as violações dos direitos humanos na China, para ver no museu Kunstsammlung, na cidade alemã de Dusseldorf até 1 de setembro.