Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Derrocada do império de Jamie Oliver

Derrocada do império de Jamie Oliver
Tamanho do texto Aa Aa

A cadeia de restaurantes de Jamie Oliver declarou a insolvência. A notícia foi confirmada pelo chef britânico que está em contacto com a empresa KPMG, que ficará responsável pela gestão de todo o processo.

Segundo a Reuters, estão em risco cerca de 1300 postos de trabalho. A Bloomberg noticiou que já encerraram 22 dos 25 restaurantes da cadeia, no Reino Unido.

Num comunicado, no Twitter, Jamie Oliver assegurou estar "profundamente triste com este desfecho".

A empresa registou perdas na ordem dos 20 milhões de libras, o equivalente a cerca de 23 milhões de euros, em 2018, após uma quebra de 11% nas vendas.

O chef britânico fundou a rede de restaurantes Jamie's Italian em 2008, onde se inclui uma unidade no Príncipe Real, em Lisboa. O restaurante em Portugal, segundo uma lista divulgada pelo jornal britânico The Guardian, não está incluído neste processo de insolvência.