A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Derrocada do império de Jamie Oliver

Derrocada do império de Jamie Oliver
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A cadeia de restaurantes de Jamie Oliver declarou a insolvência. A notícia foi confirmada pelo chef britânico que está em contacto com a empresa KPMG, que ficará responsável pela gestão de todo o processo.

Segundo a Reuters, estão em risco cerca de 1300 postos de trabalho. A Bloomberg noticiou que já encerraram 22 dos 25 restaurantes da cadeia, no Reino Unido.

Num comunicado, no Twitter, Jamie Oliver assegurou estar "profundamente triste com este desfecho".

A empresa registou perdas na ordem dos 20 milhões de libras, o equivalente a cerca de 23 milhões de euros, em 2018, após uma quebra de 11% nas vendas.

O chef britânico fundou a rede de restaurantes Jamie's Italian em 2008, onde se inclui uma unidade no Príncipe Real, em Lisboa. O restaurante em Portugal, segundo uma lista divulgada pelo jornal britânico The Guardian, não está incluído neste processo de insolvência.