Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

A contraofensiva dos antipopulistas

A contraofensiva dos antipopulistas
Tamanho do texto Aa Aa

Com os partidos populistas, nacionalistas e de extrema-direita a ganharem cada vez mais uma projeção maior na Europa, aqueles que estão no campo contrário, defendem uma Europa de integração e são anti-populistas, sentiram a necessidade de criar uma contraofensiva de partidos pró-Europa.

O candidato dos socialistas europeus a Presidente da Comissão Europeia, o holandês Frans Timmermans, foi a Viena apoiar os socialistas austríacos.

"Se fizermos as coisas bem e evitarmos ter um conservador como chefe da Comissão Europeia pela primeira vez em 15 anos, então valerá a pena construir uma Europa social. Por isso peço: por favor, votem," afirmou Frans Timmermans.

O belga Guy Verhofstadt, líder liberal do Parlamento Europeu, foi até Budapeste para apadrinhar os principais candidatos da coligação de esquerda, que junta Partido Socialista e Diálogo Verde, enquanto estes pediram o apoio dos eleitores húngaros para derrotar as forças nacionalistas e populistas da Europa nas eleições de domingo.