Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Presidente mexicano disposto a dialogar com os Estados Unidos

Presidente mexicano disposto a dialogar com os Estados Unidos
Tamanho do texto Aa Aa

O presidente mexicano já reagiu ao anúncio norte-americano de imposição de tarifas comerciais sobre as exportações mexicanas.

Andres Manuel Lopes Obrador afirma estar confiante em chegar a um acordo com Washington na próxima semana.

A Casa Branca justifica as tarifas comerciais com a necessidade de estancar o fluxo de imigrantes ilegais.

O anúncio gerou indignação no seio da comunidade empresarial norte-americana preocupada com o impacto das medidas naquele que é um dos principais parceiros comerciais dos Estados Unidos.

Este sábado o presidente mexicano reagia afirmando que tudo se pode resolver através do diálogo.

"Existem opções internacionais a que podemos recorrer. Penso que não será necessário, acho que vamos chegar a um bom acordo através do diálogo e não teremos que recorrer a processos legais. Queremos manter boas relações com o governo norte-americano", disse Lopez Obrador.

Na sexta-feira, o presidente norte-americano, Donald Trump, publicou uma mensagem nas redes sociais na qual afirma que as tarifas comerciais são formas de interromper o tráfico de drogas e a imigração ilegal. Na mensagem, Trump afirma que a imposição de tarifas poderá levar muitas empresas a abandonarem o país.

O anúncio de Donald Trump representa o maior desafio de política externa enfrentado até ao momento pelo presidente mexicano a braços com um níveis crescentes de violência de grupos criminosos e uma vaga de imigração proveniente da América Central.