Última hora

Danúbio dá tréguas para mergulho de resgate

Danúbio dá tréguas para mergulho de resgate
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Mergulhadores da marinha sul-coreana realizaram o primeiro mergulho de resgate no Danúbio, depois do acidente com um barco que fez sete mortos e deixou 21 desaparecidos. Entre as 35 pessoas a bordo, 33 eram turistas da Coreia do Sul.

A recuperação dos corpos tem sido dificultada pelas chuvas e as correntes fortes do rio. Para contornar o elevado nível das águas, a equipa de resgate criou um escudo debaixo de água.

Só esta segunda-feira foram registadas condições para o mergulho até à embarcação afundada a nove metros de profundidade.

O esforço para encontrar os corpos extravasou fronteiras. Para além das equipas húngara e sul-coreana, estão também no terreno especialistas da República Checa, Áustria e Noruega.

Das vítimas sabe-se que tinham entre os 40 e os 50 anos. No entanto, do grupo faziam também parte uma criança de seis anos e um homem à volta dos 70 anos de idade. Nenhuma das sete vítimas mortais já encontradas usava colete de salvamento.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.