Última hora

Bruxelas veta fusão da Thyssenkrupp com a Tata Steel

Bruxelas veta fusão da Thyssenkrupp com a Tata Steel
Tamanho do texto Aa Aa

A Comissão Europeia vetou a fusão entre a empresa alemã Thyssenkrupp e a indiana Tata Steel. Bruxelas justificou a decisão com o argumento de que a concentração entre as duas empresas reduziria a competitividade e aumentaria o preço do aço. "A nossa investigação mostra que a fusão conduziria a preços mais altos nos produtos de aço que são usados na indústria de embalamento e na indústria automóvel", explicou a Comissária Europeia para a Concorrência, Margrethe Vestager.

A investigação começou em outubro passado, com o objetivo de avaliar o impacto que uma fusão entre dois dos maiores produtores de aço do Espaço Económico Europeu poderia ter na concorrência do setor siderúrgico da União Europeia.

O grupo industrial alemão tinha recusado fazer mais concessões a Bruxelas para conseguir a aprovação do negócio.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.