Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Syriza e Nova Democracia apelam ao voto

Syriza e Nova Democracia apelam ao voto
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os dias de campanha chegaram ao fim. A Grécia está a poucas horas de ir às urnas e decidir, este domingo, que governo quer para os próximos anos.

O ainda primeiro-ministro não desiste do rumo tomado pelo Syriza e acena com os fantasmas da austeridade e da desigualdade.

"O nosso povo não pode esquecer os dias negros que este país viveu, entre 2010 e 1 de janeiro de 2015, quando fizemos a grande mudança política, a maior mudança política na história moderna da nossa nação", afirmou Tsipras, no último discurso da campanha.

O primeiro-ministro, tal como o presidente da Nova Democracia, pediram às pessoas para votar. Kyriakos Mitsotakis concluiu a campanha eleitoral no norte da Grécia, onde o seu partido tem mais poder político.

De acordo com as sondagens, o Nova Democracia está à frente das intenções de voto. Apesar de o líder do Syriza acreditar que ainda pode virar o resultado, as previsões são favoráveis ao partido conservador grego, que deverá assegurar mais de 150 deputados no parlamento e assim chegar à maioria absoluta.