Última hora
This content is not available in your region

Administração Trump investiga imposto francês às tecnológicas

euronews_icons_loading
Administração Trump investiga imposto francês às tecnológicas
Direitos de autor  Reuters
Tamanho do texto Aa Aa

Os Estados Unidos vão investigar França a propósito do imposto sobre as gigantes tecnológicas. Caso seja aplicado, as multinacionais vão ter de pagar 3% sobre as receitas geradas em França.

O chamado imposto GAFA, por se aplicar a empresas como a Google, a Amazon, o Facebook e a Apple, foi aprovado pelos deputados franceses a 4 de julho, Está agora nas mãos do Senado dar o último aval ao projeto-lei.

De acordo com o ministro francês das Finanças, Bruno Le Maire, é esperado que o novo imposto gere 500 milhões de euros, por ano, para os cofres franceses.

Washington não ficou contente com a medida e pretende apurar se a futura taxa é "discriminatória e pode restringir o comércio americano".

Mas França não está sozinha na criação deste imposto digital. Também a Comissão Europeia apresentou já propostas para um imposto de três porcento sobre as vendas de grandes empresas tecnológicas com receitas globais acima de 750 milhões de euros.