A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Facebook condenado a multa recorde por partilha de dados

Facebook condenado a multa recorde por partilha de dados
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Facebook terá de pagar uma multa de cinco mil milhões de dólares, cerca de 4 mil e 400 milhões de euros, pela gestão abusiva da privacidade dos utilizadores.

A sanção, imposta pela Comissão Federal do Comércio dos Estados Unidos (EUA) é a maior alguma vez aplicada pelo regulador a uma gigante tecnológica.

Em causa está a partilha de dados de 87 milhões de utilizadores da aplicação, sem consentimento expresso, com a consultora Cambridge Analytica. A empresa britânica serviu-se de dados do Facebook para elaborar perfis psicológicos de eleitores e depois alegadamente vendê-los à campanha do agora Presidente dos Estados Unidos da América, Donald Trump, durante as eleições de 2016.