A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Londres já trabalha a pensar que não vai haver acordo com Bruxelas

Londres já trabalha a pensar que não vai haver acordo com Bruxelas
Direitos de autor
REUTERS/Stefan Rousseau/Pool/File Photo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Uma saída da União Europeia sem acordo a 31 de outubro. É com este pressuposto que o governo britânico, agora liderado por Boris Johnson está a trabalhar no Brexit.

Michael Gove recebeu esta semana mais do que a pasta do Ambiente e Agricultura. O chefe do executivo entregou-lhe a tarefa de preparar uma saída de costas voltadas para Bruxelas.

euronews
Michael Gove diz que está a trabalhar, "partindo do princípio" que não vai haver acordoeuronews

As palavras o ministro na imprensa deste domingo depressa ecoaram, principalmente na Irlanda do Norte, que sem acordo, vê erguer-se uma fronteira física com a vizinha Irlanda.

Leo Varadkar, primeiro-minstro da Irlanda, diz que um Brexit sem acordo põe em risco muito mais do que a relação com os países da União Europeia. "Penso que se houver um Brexit sem acordo, a 31 de outubro; se o Reino Unido puser a Irlanda do Norte fora da União Europeia contra os desejos da maioria das pessoas no território, tira-lhes a cidadania europeia e ao fazê-lo mina o Acordo da Sexta-feira Santa. Essas questões vão emergir e temos de estar preparadas para elas," afirma Varadkar.

Londres e Bruxelas não se entendem sobre a relação entre as duas Irlandas em matéria de circulação de pessoas e bens, depois do Brexit. O Acordo de Sexta-feira Santa, foi assinado a 10 de abril de 1998, pondo fim a décadas de conflito entre unionistas e nacionalistas. À cabeça tem como princípio que o futuro constitucional da Irlanda do Norte deverá ser decidido pelo voto dos seus cidadãos.