EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Trump recebido em protesto no Ohio e no Texas

Trump recebido em protesto no Ohio e no Texas
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Donald Trump foi recebido com contestação em Dayton e El Paso, após os tiroteios do passado fim-de-semana.

PUBLICIDADE

Donald Trump chegou a El Paso, no Texas, com um aceno à multidão, mas a multidão não retribuiu. O presidente norte-americano deslocou-se, esta quarta-feira, à cidade para agradecer o trabalho prestado pelos profissionais dos serviços de emergência e prestar homenagem às vítimas de um tiroteio motivado por ódio racial que matou 22 pessoas.

Mas a comunidade hispânica diz viver com medo e atribui responsabilidades ao presidente dos Estados Unidos. Antes, Trump tinha já estado em Ohio, onde, em menos de 24 horas, um cenário sangrento se repetiu e fez nove mortos.

Desde a campanha, tem promovido a devolução de migrantes aos países de origem. Agora, foi mandado de volta para Washington por centenas de manifestantes que não o querem na cidade ainda de luto e cansada da retórica do presidente.

"O discurso de ódio inspirou pessoas com tendência à violência. Para mim é uma consequência direta", defende um dos manifestantes na rua.

Sob pressão, Donald Trump admitiu limitar o acesso às armas de fogo, mas deixa de fora qualquer intenção de banir a venda de armamento automático.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Tiroteio no Texas tratado como "terrorismo doméstico"

Trump retira EUA de tratado de armas da ONU

Nova Zelândia proíbe armas de assalto e semiautomáticas