EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Navio Open Arms ao largo de Lampedusa

Navio Open Arms ao largo de Lampedusa
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O ministro italiano do Interior já garantiu que vai assinar um novo decreto para evitar que seja cumprida a decisão do Tribunal de Lázio

PUBLICIDADE

Depois de ser suspensa a proibição de entrada nas águas territoriais italianas, o navio Open Arms navegou até à ilha da Sicília escoltado por dois navios da Marinha.

Com 147 migrantes a bordo, o navio humanitário espanhol esperava há 13 dia em águas líbias e maltesas por um porto seguro para atracar.

Esta quarta-feira, o Tribunal Administrativo de Lazio suspendeu a proibição de entrada da embarcação em águas italianas, decretada por Matteo Salvini.

O ministro italiano do Interior não cede. Já garantiu que nenhum porto no país vai abrir as portas à entrada de migrantes e que vai assinar um novo decreto para evitar que seja cumprida a decisão do Tribunal de Lázio

Até terminar o braço de ferro entre a organização humanitária espanhola e o ministro italiano, o navio vai continuar ao Largo de Lampedusa à espera da autorização das autoridades italianas para desembarcar.

O fundador da ONG espanhola, Òscar Camps, revelou que pediu à chanceler Angela Merkel e ao presidente Emmanuel Macron para criarem um mecanismo constante de resgate e desembarque de migrantes.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Portugal aceita migrantes do navio humanitário Open Arms

Matteo Salvini recusa entrada de Open Arms em águas italianas

Canárias recebem dezenas de migrantes por dia e já duplicaram centros de acolhimento