A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

"Brexit": Governo britânico quer acelerar negociações com UE

"Brexit": Governo britânico quer acelerar negociações com UE
Direitos de autor
REUTERS/Dylan Martinez
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Sem tempo a perder, o Governo britânico intensifica os esforços para concretizar o "Brexit" a 31 de outubro.

A partir da próxima semana, a equipa de negociadores para a saída do Reino Unido da União Europeia (UE), liderada pelo embaixador David Frost, deverá passar a encontrar-se duas vezes por semana com os homólogos europeus.

Em comunicado, o gabinete do primeiro-ministro Boris Johnson disse que existe a possibilidade de reuniões técnicas adicionais, em nome de um novo acordo.

Esta quinta-feira, Michel Barnier, o principal negociador da UE para o "Brexit", sublinhou que o bloco continuará a proteger as condições para a paz e estabilidade na ilha da Irlanda. Mas Johnson quer eliminar o mecanismo de salvaguarda "backstop", para evitar uma fronteira física entre a Irlanda do Norte e a República da Irlanda. E deixou claro que sem isso não há acordo.

Maebh Mcmahon, Euronews - Quando falam connosco, fontes europeias dizem, de forma cética, que talvez não haja tempo suficiente para o Reino Unido apresentar propostas e alternativas concretas. Acreditam que, se as tivessem na manga, já as teriam apresentado.