A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

José Mário Vaz recandidata-se à presidência

José Mário Vaz recandidata-se à presidência
Direitos de autor
PEDRO NUNES/ LUSA - Pedro Nunes
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Presidente da Guiné-Bissau anunciou, quinta-feira ao final do dia, e perante uma plateia em êxtase, a sua recandidatura às eleições Presidenciais de 24 de novembro.

José Mário Vaz afirmou aceitar o pedido dos seus apoiantes, para voltar à corrida eleitoral, e garantiu que se ganhar continuará, juntamente com os guineenses, a fazer da Guiné-Bissau um "grande país".

Na corrida eleitoral está também o líder do PAIGC. Domingos Simões Pereira saiu vencedor das primárias realizadas na semana passada, derrotando o atual presidente da Assembleia Nacional Popular. Cipriano Cassamá que tinha apresentado a sua candidatura como independente.

Simões Pereira que viu recusada, pelo chefe de Estado, a sua intenção de ser primeiro-ministro, depois da vitória do PAIGC nas Legislativas de seis de março.

Às Presidenciais é ainda candidato de peso um antigo líder do PAIGC e ex-primeiro-ministro Carlos Gomes Júnior.

O MADEM-G15, Movimento para a Alternância Democrática, feito de dissidentes do PAIGC, o chamado grupo dos 15, apoia a candidatura do antigo primeiro-ministro Úmaro Sissoco Embaló.