Última hora
This content is not available in your region

Eleições regionais russas são teste a partido de Putin

euronews_icons_loading
Eleições regionais russas são teste a partido de Putin
Tamanho do texto Aa Aa

Vladimir Putin e o partido Rússia Unida têm este domingo um teste importante com as eleições regionais e locais, em que as atenções estão viradas para a assembleia legislativa de Moscovo. Todo o período pré-eleitoral foi marcado por manifestações contra Putin e contra a repressão dos candidatos oposicionistas. Centenas de manifestantes foram detidos e 57 candidatos da oposição extraparlamentar foram impedidos de participar nestas eleições.

A figura da oposição Alexei Navalny apelou ao voto, em cada círculo, no candidato com melhores hipóteses de derrotar o da Rússia Unida, com a intenção de desferir um golpe no partido de Putin. Navalny, criador da Fundação Anticorrupção, foi detido várias vezes nas semanas que antecederam estas eleições, tal como a advogada Lyubov Sobol, outra das figuras de proa da oposição ao presidente russo.

Os candidatos do Rússia Unida apresentam-se a título pessoal e não em nome do partido, devido à perda de popularidade da formação de Putin.