Última hora

Festival Lumière enche Lyon de estrelas

Festival Lumière enche Lyon de estrelas
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Lyon volta a ser o centro do cinema mundial, durante alguns dias, com mais uma edição do Festival Lumière, com muitos convidados e filmes para todos os gostos, clássicos e contemporâneos. O festival deve o nome aos inventores do cinema, os irmãos Lumière.

"Quando nos colocámos a questão de criar um festival na cidade natal do cinematógrafo Lumière, tornou-se claro que este teria de ser um festival dedicado à história do cinema, mas ao mesmo tempo um festival popular, que mostra que os artistas são também cinéfilos, gostam de apresentar os filmes, deles ou dos outros. Muitas vezes vêm mais apresentar os filmes dos outros que os deles", diz o diretor do festival, Thierry Frémaux.

Donald Sutherlad, Marisa Paredes ou Frances McDormand são apenas alguns dos atores convidados. O ator e realizador canadiano Xavier Dolan, duas vezes premiado em Cannes, é já um assíduo do festival: "É um festival que faz muito bem. Venho aqui ver ou apresentar filmes. Não há competição, nem entre os filmes nem entre as pessoas que estão aqui. Sentimos algo muito pessoal. Estamos numa indústria, mas também na intimidade", conta.

E depois de nomes como Eastwood, Tarantino, Almodóvar ou Scorcese, o grande homenageado deste ano é... O criador de "O Padrinho" ou de "Apocalypse Now", uma das maiores figuras do cinema americano da segunda metade do sécul XX: Francis Ford Coppola. A entrega do Prémio Lumière a Coppola na sexta-feira, dia 18, será o ponto alto do festival.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.