Última hora

"Tsunami Democrático" varre Barcelona

"Tsunami Democrático" varre Barcelona
Direitos de autor
REUTERS/Rafael Marchante
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Catalunha está a ser varrida por um Tsunami Democrático, a organização por trás dos violentos protestos contra a condenação até 13 anos de prisão de vários líderes independentistas. As cargas policiais têm-se sucedido mas os manifestantes não baixam os braços e desde que foi conhecida a sentença da justiça espanhola, na segunda-feira de manhã, têm mostrado o descontentamento não só nas principais artérias de Barcelona mas um pouco por toda a região, com o corte de estradas e linhas de comboio. Existem ainda relatos de confrontos violentos com as forças de autoridade em Girona e Tarragona.

À semelhança do que aconteceu na segunda-feira, o aeroporto de Barcelona foi afetado pela situação e pelo menos 48 voos tiveram de ser cancelados. As cargas policiais no aeroporto levaram um dos manifestantes a perder um olho depois de ser atingido por uma bala de borracha, o número de feridos desde o início dos protestos já ultrapassa a centena.

A polícia já efetuou quatro detenções, três por desrespeito ao cordão policial e uma por agressão a uma mulher que exibia uma bandeira espanhola. O ministério do Interior anunciou que está a investigar quem está por trás do Tsunami Democrático, que continua a apelar a um "ciclo de desobediência civil não-violenta".

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.