EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Evo Morales na corrida para o quarto mandato consecutivo

Evo Morales na corrida para o quarto mandato consecutivo
Direitos de autor REUTERS/Ueslei Marcelino
Direitos de autor REUTERS/Ueslei Marcelino
De  Euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O principal candidato da oposição descreveu o ainda presidente da Bolívia como um autocrata com "sede de poder"

PUBLICIDADE

Entre palmas e assobios, Evo Morales deslocou-se, este domingo, às urnas. O presidente-candidato, que aspira a um quarto mandato consecutivo, disse ter confiança no resultado das eleições gerais e acima de tudo na democracia. Mas para muitos é justamente a democracia que está em causa.

Carlos Mesa, ex-presidente e jornalista, lidera entre as oito candidaturas da oposição e está bem colocado para forçar uma segunda volta. Disse temer fraude no escrutínio porque considera que o partido oficial controla "todos os órgãos do Estado."

Em várias cidades do país, muitas pessoas manifestaram-se contra uma anunciada reeleição de Evo Morales, considerando-a ilegal por beliscar a Constituição que apenas contempla dois mandatos.

Morales desafia os limites e o referendo de 2016, em que os bolivianos votaram contra a possibilidade de um quarto mandato. O Tribunal Constitucional, controlado por Morales, permitiu-lhe continuar.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Bolívia: Primeiros resultados apontam para vitória de Evo Morales na primeira volta

Navio de cruzeiro com 1500 passageiros retido em Barcelona porque 69 bolivianos têm vistos falsos

FMI diz que igualdade entre mulheres e homens é um meio poderoso para favorecer crescimento