Última hora
This content is not available in your region

Piloto de avião aciona falso alarme em Amesterdão

Passageiros retidos no aeroporto Schiphol durante falso alarme
Passageiros retidos no aeroporto Schiphol durante falso alarme   -  
Direitos de autor
Mark Crompton/via REUTERS
Tamanho do texto Aa Aa

Os passageiros e a tripulação de um voo foram obrigados a sair da aeronave depois do piloto ter acionado o botão de emergência por engano. Tudo aconteceu no Aeroporto de Schiphol, em Amesterdão, na Holanda.

A polícia militar holandesa foi mobilizada e deu conta de que estariam a investigar "algo suspeito" a bordo. Mais tarde, foi noticiado de que tudo não tinha passado de um erro.

A Air Europa, companhia à qual pertence o avião, confirmou o erro acidental do piloto.

"Falso alarme. No nosso voo de Amesterdão- Madrid, foi acionado, esta tarde e por engano, um alerta que aciona protocolos de sequestro no aeroporto. Nada aconteceu, todos os passageiros estão sãos e salvos à espera de voar em breve. Lamentamos profundamente", escreveu a companhia aérea Air Europa, nas redes sociais.

Segundo fontes locais, a bordo do avião iam 27 passageiros. Duas horas mais tarde do erro admitido, a companhia confirmou que o voo já teria partido em direção ao destino.

O Aeroporto de Schiphol é o terceiro mais movimentado da Europa, com 71 milhões de passageiros em 2018. Em primeiro lugar encontra-se o Aeroporto de Heathrow, em Londres, com 80,102 milhões de passageiros em 2018, e em segundo lugar o Aeroporto Paris-Charles de Gaulle (França), com 72,229 milhões de passageiros em 2018.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.