Última hora

Piloto de avião aciona falso alarme em Amesterdão

Passageiros retidos no aeroporto Schiphol durante falso alarme
Passageiros retidos no aeroporto Schiphol durante falso alarme -
Direitos de autor
Mark Crompton/via REUTERS
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os passageiros e a tripulação de um voo foram obrigados a sair da aeronave depois do piloto ter acionado o botão de emergência por engano. Tudo aconteceu no Aeroporto de Schiphol, em Amesterdão, na Holanda.

A polícia militar holandesa foi mobilizada e deu conta de que estariam a investigar "algo suspeito" a bordo. Mais tarde, foi noticiado de que tudo não tinha passado de um erro.

A Air Europa, companhia à qual pertence o avião, confirmou o erro acidental do piloto.

"Falso alarme. No nosso voo de Amesterdão- Madrid, foi acionado, esta tarde e por engano, um alerta que aciona protocolos de sequestro no aeroporto. Nada aconteceu, todos os passageiros estão sãos e salvos à espera de voar em breve. Lamentamos profundamente", escreveu a companhia aérea Air Europa, nas redes sociais.

Segundo fontes locais, a bordo do avião iam 27 passageiros. Duas horas mais tarde do erro admitido, a companhia confirmou que o voo já teria partido em direção ao destino.

O Aeroporto de Schiphol é o terceiro mais movimentado da Europa, com 71 milhões de passageiros em 2018. Em primeiro lugar encontra-se o Aeroporto de Heathrow, em Londres, com 80,102 milhões de passageiros em 2018, e em segundo lugar o Aeroporto Paris-Charles de Gaulle (França), com 72,229 milhões de passageiros em 2018.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.